O CIDADÃO


Nascido no ano de 1956 em São Vicente de Paulo na Cidade de Araruama, Estado do Rio de Janeiro, Daniel Figueiredo aos 17 anos se alistou como voluntário na Marinha do Brasil, e foi recrutado na Base Aérea e Naval de São Pedro da Aldeia, Município próximo da sua Cidade, onde completou o seu período de serviço militar.

Aos 19 anos, em 1975, deixou a vida militar e iniciou uma carreira civil em busca de trabalho e estudos. No decorrer de toda a sua vida, Daniel Figueiredo trabalhou em diversas empresas nos setores de administração e vendas, mas aos 30 anos de idade preferiu se dedicar definitivamente a atividade da advocacia como profissional liberal, quando passou a buscar amplo conhecimento sobre o direito do trânsito, preparando-se e especializando-se com total dedicação e desempenho profissional.

No ano de 1989 ingressou no PMDB, participando amplamente das atividades políticas desse partido. Em 2005, a convite do Presidente regional do PDT, Ilustre Ministro do Trabalho, Carlos Lupi, ingressou nesse partido, tendo lançado uma pré-candidatura a Prefeito do Município de Araruama, no estado do Rio de Janeiro, quando por uma decisão sua sobre as circunstâncias momentâneas, decidiu não registrar sua candidatura, em favor do candidato do PMDB que consagrou vitória nas urnas com seu apoio e trabalho exaustivo na campanha.

Seguindo uma tendência clara do regime social democrático, ocupa espaço na corrente neoliberal da atual democracia relativa, com espírito socialista de direita, formando um misto desse regime, com idéias inovadoras e tendências evolutivas de grande aceitação da sociedade crítica e mutante nos dias atuais.

Aos 55 anos de idade, Daniel Figueiredo possui elevado espírito humanitário, imprimindo um perfil claro e transparente de um advogado e político promissor nos dias atuais, com bases consolidadas para impulsionar uma nova organização democrática em favor da sociedade.

Seu trabalho social é realizado diretamente nas comunidades, procurando levar meios de subsistência e melhores condições de vida para os mais carentes, reivindicando direitos e justiça junto às autoridades em favor dos seus cleintes e dos menos privilegiados, com os recursos necessários para a melhoria de vida humana.


'Com vergonha da política', Tiririca usou dinheiro público para viajar a locais em que faria shows de humor - Jornal O Globo

 "No dia 3 de maio, foi emitida uma passagem no valor de R$ 2.045,38 em nome de Loianne com destino ao Aeroporto Senador Petrônio Port...